Bem Vindo, visitante! [ Registe-se | Entrarrss |  tw

Comentários fechados em 1600 imóveis no mercado social de arrendamento

1600 imóveis no mercado social de arrendamento

| Geral | 12/06/2013

O ministro da Solidariedade e da Segurança Social anunciou esta terça-feira que o mercado social de arrendamento conta já com cerca de 1600 imóveis e cerca de 600 famílias a beneficiarem de “arrendamento a preços significativamente mais baixos”.

O mercado social de arrendamento é uma das medidas inseridas no Programa de Emergência Social (PES), anunciado em 2011, que engloba um grupo de imóveis que são colocados no mercado de arrendamento com rendas pelo menos 30% abaixo do valor de mercado, de acordo com o local onde se inserem.

O ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, apresentou, na Comissão de Segurança Social e Trabalho, onde está a ser ouvido, um balanço que realizou com os representantes do setor social sobre a “realidade social do país”, denominado “Carta comum de balanço e compromisso”.

Nos dois últimos anos foram atualizados os acordos de cooperação com que o Estado comparticipa a resposta social, tendo, nestes dois anos, representando um aumento de 2,6% – lembrou o ministro -, o que representa mais 30 milhões de euros de investimento.

Fonte: jn.pt

Processing your request, Please wait....

Comentários fechados em Mercado social de arrendamento arranca hoje com assinatura de protocolo

Mercado social de arrendamento arranca hoje com assinatura de protocolo

| Geral | 26/06/2012

O mercado social de arrendamento, anunciado pelo Governo em Fevereiro, arranca hoje com a assinatura de um protocolo que colocará no mercado mais de 800 imóveis, através de um fundo de arrendamento de valor superior a cem milhões de euros.

O Mercado Social de Arrendamento é uma das medidas previstas no Programa de Emergência Social (PES), sendo classificada pelo Governo como uma resposta inovadora para uma das actuais necessidades sociais.

A cerimónia de assinatura do protocolo decorre no Salão Nobre do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, em Lisboa, com a presença do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

O projecto junta os principais bancos privados portugueses, nomeadamente o Banco Espírito Santo, o Banif, o Banco Popular, o Santander Totta, o Montepio Geral, o Millennium BCP, bem como a Caixa Geral de Depósitos, associados ao Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social e ao Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU).

Em declarações à agência Lusa, o secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Marco António Costa, explicou que, pela primeira vez em Portugal, estas sete instituições bancárias juntaram-se para em conjunto fundarem um fundo único imobiliário de arrendamento, que dá pelo nome de Fundo de Investimento Imobiliário para Arrendamento Habitacional (FIIAH).

“O Fundo terá um valor superior a cem milhões de euros, onde estarão agregados, até daqui a um mês e meio, cerca de mil fogos”, adiantou, acrescentando que a partir de hoje têm disponíveis mais de 800 imóveis.

O FIIAH será depois gerido por uma entidade gestora que os bancos seleccionaram entre eles, que é a NORFIN, com a qual 60 municípios – dos mais de cem com imóveis identificados-, já assinaram para a gestão do arrendamento.

O secretário de Estado sublinhou também que o objetivo é que no espaço de um ano consigam atingir a meta dos dois mil fogos e destacou que esta é uma “experiência única em Portugal”, já que “vai permitir a criação de um mercado intermédio entre aquele que é o mercado livre de arrendamento e o mercado de arrendamento social”.

Os imóveis em causa saem das mãos das entidades bancárias e são colocados no mercado de arrendamento com rendas pelo menos 30 por cento abaixo do valor de mercado.

Fonte: Agência Lusa

Processing your request, Please wait....

Comentários fechados em Fundo de 200 milhões no programa Mercado Social de Arrendamento

Fundo de 200 milhões no programa Mercado Social de Arrendamento

| Geral | 27/02/2012

In jornal i-Online:

A crise económica em que o país se encontra desde 2008 obrigou o mercado do imobiliário a pensar em soluções para não estagnar. Soluções que beneficiassem as famílias, os promotores imobiliários e os investidores. Por isso, em 2010, foi criado pela Câmara Municipal de Gaia, presidida por Luís Filipe Menezes, em conjunto com o grupo Caixa Geral de Depósitos, o projecto Arco-Íris. Segundo o seu mentor, o secretário de Estado da Segurança Social, Marco António Costa, o objectivo foi dar uma resposta inovadora a uma das necessidades sociais mais prementes: a habitação.

O sucesso desta iniciativa foi de tal forma que só o ano passado resolveu o problema de habitação de 42 famílias e já tem uma lista de espera de 200. Também o ano passado, o projecto Arco-Íris ganhou o prémio SIL imobiliário, na categoria autarquias.

Com base neste modelo, no âmbito do programa “Mercado de Arrendamento Social”, o Ministério da Solidariedade e da Segurança Social anuncia no próximo mês a criação de um fundo de 200 milhões, gerido pela Norfin, e que integra logo à partida 1200 casas, prevendo-se um alargamento para duas mil no fim do ano – 1700 de bancos e 300 do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU). Ao contrário do projecto de Gaia, este fundo é alargado a todo o país, mais precisamente a 112 concelhos.

Pode ler o resto do artigo aqui.

Processing your request, Please wait....

    Publicidade

    Notícias mais recentes

    • Deco quer que despesas de condomínio pas...

      por em 15/01/2016 - Comentários fechados em Deco quer que despesas de condomínio passem a ser dedutíveis no IRS

      A Deco vai apresentar uma reivindicação junto do Ministério das Finanças e dos grupos parlamentares para que os contribuintes possam deduzir no IRS as despesas ...

    • Candidaturas ao programa Porta 65 aument...

      por em 14/01/2016 - Comentários fechados em Candidaturas ao programa Porta 65 aumentam 20% em dezembro

      O programa de apoio ao arrendamento jovem Porta 65 registou 4.507 candidaturas na fase de dezembro de 2015, representando um aumento de 20% face ao período homó...

    • Entraram ontém em vigor as novas regras ...

      por em 16/07/2013 - Comentários fechados em Entraram ontém em vigor as novas regras para arrendamento

      Entrou ontém, dia 15 de Julho, em vigor a portaria que regula as novas regras para arrendamento.A lei entrou em vigor no final do ano passado, mas só...

    • 1600 imóveis no mercado social de arrend...

      por em 12/06/2013 - Comentários fechados em 1600 imóveis no mercado social de arrendamento

      O ministro da Solidariedade e da Segurança Social anunciou esta terça-feira que o mercado social de arrendamento conta já com cerca de 1600 imóveis e cerca de 6...

    • Programa Porta 65 registou mais de 5.700...

      por em 04/06/2013 - Comentários fechados em Programa Porta 65 registou mais de 5.700 candidaturas entre Abril e Maio

      O programa de apoio a arrendamento jovem Porta 65 recebeu 5.770 candidaturas entre 23 de Abril e 23 de Maio, encontrando-se neste momento a decorrer a análise d...